Performance-Inovacao

Empreendedorismo com visão 360º e desafios pós-pandemia

Empreendedorismo com visão 360º, um conceito que vem ganhando cada vez mais força quando se trata de distinguirmos os negócios que perduram e prosperam, daqueles que sucumbem pouco tempo depois de iniciados.

E quando analisamos esse conceito na perspectiva da pandemia – que após um ano e meio começa a ser controlada, é inevitável não considerarmos o empreendedorismo de necessidade, ao qual muitos recorreram ao perderem seus empregos nos últimos meses.

É fato que muitos desses negócios, que geram renda e empregos, já nascem paradoxalmente promissores, mas frágeis.

Isso porque começam com muito entusiasmo e boas ideias, mas carecem de planejamento, modelagem criteriosa do negócio, pesquisas de mercado, plano de negócios, estruturação da força e dos canais de vendas, plano de marketing  estratégico, soluções e tecnologias para gestão, entre outras ferramentas imprescindíveis para a sobrevivência dos empreendimentos.

Essas são algumas das ferramentas que englobam o conceito do empreendedorismo com visão 360º, que cuida, também, de analisar atentamente as várias e diferentes demandas dos clientes e de como elas se relacionam com a missão, visão e valores das organizações, de todos os tamanhos.

Nesse sentido, chamo a atenção para a importância das soluções digitais, sem as quais praticamente todas as empresas hoje em dia estão fadadas a prejuízos e a sérios riscos de não sobreviverem.

A tecnologia tem hoje recursos digitais para todos os processos que envolvem um negócio saudável e de sucesso: atendimento ao cliente, controle de produção, emissão e gestão de documentos fiscais com validade jurídica, contabilidade, controle do fluxo de caixa, gestão de entregas e retirada de produtos, pós-venda, entre outros.

O uso de meios digitais é uma questão de inserir a empresa na realidade desafiadora e altamente automatizada em que vivemos. É ganhar agilidade, precisão e segurança nas operações. É assegurar no atendimento aos clientes comodidade, transparência, profissionalismo e satisfação, ampliada dos produtos e serviços à experiência que eles têm com o empreendimento.

A consequência mais provável da adoção das ferramentas digitais certas para cada negócio é o ganho significativo de performance e competitividade, o que aumenta, e muito, as chances desses negócios crescerem, ajudando a gerar empregos, riqueza e mais qualidade de vida às sociedades onde se inserem.

Em um mundo ideal, o empreendedorismo com visão 360º seria a regra para todos os que se lançam nessa incrível jornada de criar um negócio do zero.

No mundo real, organizações que se apoiam nesse conceito ainda são exceção. Mas empresas como a VARITUS Brasil estão aqui justamente para isso: oferecer, em termos de tecnologia, soluções robustas e customizadas para que mais e mais empresas tenham sucesso.

Julho de 2021

*Adão Lopes, CEO e Fundador da VARITUS Brasil

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Show Buttons
Hide Buttons